É tão bom
Jogar Capoeira é tão bom
tocar berimbau é tão bom
aprender Capoeira é tão bom

O dia passa com seu ar de afazeres. Enganos de importancia. Compromissos. Responsabilidades.

No fim da tarde, problemas solucionados ou nao, escuto o som das beribas sendo tensadas, o cheiro fresco do detergente no chao de ladrilhos. Alegremente vão chegando meus companheiros/as pra mais um dia de treino.
Aqui a gente treina ao ar livre, presenteados com algum canto de passarinho.

 

Os amarelinhos e as amarelinhas vão se alinhando. Alguns alongando, outros tirando um sonzinho no berimbau, vai começar o treino.

Acho muito legais esses momentos onde tudo acontece quase sem pronunciar palavra. Os indivíduos se organizando pra praticar essa arte maluca que nos liga em vida a toda a ancestralidade. Ancestralidade em movimento. Honrando aos velhos mestres sob a batuta da cultura popular.

Manifestação poética da inteligência coletiva que, livre de interesses, celebra a vida nesse jeito de corpo presente.

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información

ACEPTAR
Aviso de cookies